Coisa Livre De Coisa

Claudio Cretti

06.07.2011 - 06.08.2011
Sala 1 / Rua Jerônimo da Veiga 131, Itaim Bibi - São Paulo

Abertura:

6 de julho de 2011, 19 - 23h

Horário de Funcionamento:

de segunda a sexta, das 10h30 às 19h e sábado das 11h às 16h 

Claudio Cretti ocupa a Galeria Marilia Razuk com a exposição batizada  “Coisa Livre de Coisa” , onde reúne quatro grandes desenhos em óleo sobre papel, medindo 150 X 200 cm. Uma série intitulada Bombinhas com oito desenhos pequenos em óleo e grafite em pó sobre pergaminho, medindo 35 x 50 cm. 

Apresenta ainda três esculturas, sendo uma emaço inoxidável  e mármore chamada Dançarina, com medidas de 40 x 135 x 110 cm aproximadamente. E outras duas, sem título, feitas em granito e aço inoxidável e granito, borracha e metal.


Os desenhos e as esculturas estabelecem um diálogo, onde por vezes, os desenhos apresentam-se escultóricos e as esculturas, desenhos. Essa presença espacial se dá através das massas de tinta à óleo nos desenhos e os tarugos de mármore e granito nas esculturas.


Segundo ele, as esculturas são estruturas que criam situações arquitetônicas no espaço por meio de linhas ósseas que também são desenhos. “Já os desenhos remetem tanto a lugares quanto a coisas, objetos e geografias, como uma arquitetura próxima à natureza”, completa Cretti, que intitulou a exposição “Coisa Livre de Coisa” , onde faz referência a um verso do poema “Origem” de Carlos Drummond de Andrade, de 1962


Claudio Cretti

Nasceu em 1964 emBelém, PA. Vive e trabalha em São Paulo.

Dentre suas exposições individuais recentes destacam-se :l “Céu Tombado”,Paço das Artes, São Paulo como artista convidado(2004); “ Onde pedra a flora “  na Estação Pinacoteca, SP(2006) e “Luz de ouvido”, Palácio das Artes, Belo Horizonte(2008). Participou de mostras coletivas no Instituto Tomie Ohtake, MAM SP, Pinacoteca do Estado de São Paulo, entre outras. Em 2004 ,  A TV Cultura e a rede SESI-SENAC realizam um documentário sobre sua produção para a série “O mundo da Arte”. Em 2009, a convite da Galeria  Marilia Razuk , concebe e realiza a exposição coletiva“Desenhar Lugares”. No mesmo ano elabora a publicação “José Antonio da Silva”voltada para o público infantil, sobre a obra desse artista. Em 2011 realiza a curadoria da exposição “ Assim é, se lhe parece” no Paço das Artes, São Paulo.