Do Pensamento à Representação

Do Pensamento à Representação - Coletiva

/
Curadoria Luiz Müssnich

Desenho: a primeira manifestação. Expressão imediata, esboço, rascunho ou produto final. Processo de investigação que toda imaginação comporta. Ação, reação, reflexa. O gesto imediato sem retoques. O artista materializa então seu imaginário: realiza.

Através de um grupo de artistas que partilham uma mesma orientação de acervo, surge a idéia de estimular o espectador a perceber que o artista usa ora recurso do desenho como trabalh...o preparatório ora como trabalho final. No processo construtivo da obra, cabe a ele decidir seu momento de satisfação, ou seja, quando se dá por solucionada a expressão de sua idéia, seja ela a original seja ela subvertida ou transformada durante seu impulso criativo.

Para uns, projeto e planejamento, suficientes para a materialização posterior. Para outros, mensagem revelada, imaginação poética, instrumento de denúncia, conceito representado e linguagem autônoma e final. Ao longo da exposição o espectador vai conhecer a obra de cada artista e nela poder identificar a intenção pretendida.

As obras escolhidas despertam para idéia de que a ligação entre cada artista está nas diferenças de suas propostas e ao mesmo tempo nas semelhanças de seus processos: do pensamento à representação, o desenho. (Luiz Müssnich)

Participam da exposição os artistas: Cabelo, Felipe Cohen, Gustavo Rezende, Hilal Sami Hilal, José Bechara, José Resende, Marina Weffort, Paulo Monteiro e Rodrigo Andrade

Criado em 2006, o projeto “O Colecionador como Curador” apresenta aspectos da coleção e do olhar do colecionador. As três primeiras edições contaram com a curadoria de Maria Ignez Barbosa e Oswaldo Corrêa da Costa, Marcos Marcelino e Waldick Jatobá e na última edição Evangelina Seiler.