Situação De água

Maria Laet

27 de março a 30 de abril de 2014
Sala 2 / Rua Jerônimo da Veiga, 62 - Itaim Bibi - São Paulo

Abertura: 

27 de Março, 19hs


Horário de funcionamento: 

segunda a sexta-feira, das10h30 às 19h/ sábado das 12h às 17h


Situação de água / MARIA LAET

Curadoria Luisa Duarte


Nesta sua primeira individual na Galeria Marilia Razuk, a artista carioca Maria Laet apresenta um conjunto de aproximadamente12 obras, entre fotografia, monotipia, gravura, desenho e vídeo.


Nesta mostra a artista lida com questões da memória - através de traços, marcas essenciais, como o sopro, as digitais da mão, o gesto humano, e a persistência ou o desaparecimento dessa memória. Também trata da noção de limite, tendo este como um espaço de continuidade, indefinição, troca, encontro e desencontro.

O título “Situação de água” aponta de maneira poética para as duas direções; tendo a água como elemento que deixa sua marca na memória das coisas, de maneira silenciosa, lenta e persistente, e ao mesmo tempo como elemento sem limite nele mesmo, que procura movimento, e estabelece diálogo no encontro com o mundo. 


Em suas ações, a artista está sempre em busca desta linha ténue e invisível que separa coisas, pessoas. Linha que pode ser ultrapassada e tocada, promovendo o toque, a troca. Mas aqui nada se conclui.Como a água que não deixa ver seus limites, que transborda, há aqui esta ausência de borda, de fim. 

Habitar este lugar delicado e nos aproximar dele,recordar sua existência, eis o que se dá nas obras aqui reunidas de Maria Laet.


Maria Laet

Maria Laet nasceu no Rio deJaneiro, concluiu mestrado na Camberwell College of Arts, em Londres (2008).Fez residência artística na Schloß Balmoral, Alemanha (2009), e no Carpe Diem Arte e Pesquisa em Lisboa (2010). Fez exposições individuais no Rio de Janeiro,em Milão, Paris, e Lisboa. Participou de exposições como ‘From the margin to the edge’ (Somerset House, Londres, 2012); 18th Biennale of Sydney: ‘all our relations’ (Art Gallery NSW e MCA, Sydney, 2012); ‘Convite à Viagem’ (Rumos Itaú Cultural, São Paulo, Belém, Recife, Rio de Janeiro, 2012); ‘O lugar da linha’ (Museu de Arte Contemporânea, Niterói e Paço das Artes, São Paulo,2010); e ‘Paper Trail: 15 BrazilianArtists’ (Allsopp Contemporary, London, 2008). Tem trabalhos em coleções como Gilberto Chateaubriand, Rio de Janeiro; MAC, Niterói; FRAC Lorraine,França; Museum of Fine Arts, Ghent, Belgium. Foi indicada ao prêmio PIPA em 2010, 2011 e 2012.