Wmt

Wagner Malta Tavares

08.02.2014 – 15.03.2014
Sala 1 / Rua Jerônimo da Veiga, 131 Itaim Bibi - São Paulo

Abertura

08.02.2014, sábado, 12:00 - 17:00

A partir de 8 de fevereiro a Galeria Marilia Razuk apresenta “WMT”, exposição individual de Wagner Malta Tavares. Tendo o som como elemento marcante, a exposição é composta de 3 vídeos, 3 fotografias e 3 esculturas produzidos em diferentes épocas, que agora se agrupam em uma nova e inédita configuração.


Entre os vídeos, “Ondas Curtas” (8’52”) simula a sintonização de um rádio. Na imagem, uma luz parece se mover à partir do movimento de travelling da câmera e vai captando transmissões em diversas línguas que contenham a palavra MAR. Decorrentes da instalação de lâmpadas abeira do mar para a fatura do vídeo, surgiram três fotos que também fazem parte  da exposição.


Há também o vídeo “Pião”, no qual um pião sonoro gira no ar e, instalado no alto da galeria, é parcialmente visto pelo espectador. Em outro, um híbrido entre foto e vídeo (sem título), a projeção de uma foto é colocada a vibrar sobre um subwoofer com o som do movimento dos planetas.


As esculturas, já apresentadas em 2013 em Bruxelas, serão mostradas pela primeira vez no Brasil. São elas: “Vigilante”,onde uma pequena figura humana procura algo sobre uma semi-esfera com superfície especular; “Bermudas (aquário)”, um submarino em bronze está mergulhado, preso, dentro de um aquário e “Bermudas(congelado)” no qual um submarino feito de gelo vai derretendo ao longo de12 horas e volta ao molde e à sua substância natural a cada dia que passa.

 

Wagner Malta Tavares nasceu em São Paulo, em 1964. Vive e trabalha em São Paulo.

Artista multimídia, faz uso do vídeo, escultura, fotografia, desenho, colagem, performance e instalação para dar vazão a sua poética que consiste, em linhas gerais, tornar visível aspectos fundamentais que permeiam as relações entre as pessoas e, entre as pessoas e as coisas do mundo; trazer à experiência sensível aquilo que está latente. Participou de exposições individuais no Instituto Tomie Ohtake, SP (2010), Mac Niterói, RJ(2010),  Centro Universitário Maria Antonia (2004), CCSP (2001) e coletivas no Brasil e no exterior como Rider Project em Chicago e NY (2006), Accident no Mnac em Bucareste (2007), 7sp em Bruxelas (2012),  Alternative Orders na Noruega (2012). Em2006 foi selecionado pela Bolsa Iberê Camargo para ser artista residente no The School of The Art Institute of Chicago.No momento apresenta a  instalação “Perfume de Princesa”, na qual 350metros de tubo de zinco serpenteiam entre a Casa da Imagem, Beco do Pinto e Solar da Marquesa, no centro de SãoPaulo, exalando aromas que costumavam fazer parte da cidade no século XIX (2013/2014).